Arquivo da tag: termogenico

Dieta e regime - diferenças

Dieta e regime – Quais as diferenças?

Dieta e Regime qual escolher para emagrecer?

Compartilhe >>>

 

Existe uma frequente confusão em associar dieta e regime, mas será que é a mesma coisa? Claro que não! São dois processos diferentes, portanto não são palavras sinônimas.

Imagem freegreatpictures

 

Dieta propriamente dita

A dieta em si, tem várias vertentes e significa a mudança de hábitos alimentares para se conquistar um objetivo de forma equilibrada. Pode ser dieta para diabéticos, hipertensos, pessoas que necessitam de mais cálcio ou ferro, para emagrecer ou até mesmo para engordar. Normalmente a dieta tende a ser equilibrada e saudável, favorecendo não só a causa em si, mas, todo o organismo.

Se optar pela dieta, terá melhores resultados em longo prazo e mais sucesso no controle do peso, além de fornecer ao organismo os nutrientes necessários para sua manutenção, mais vigor nas atividades diárias, auxilia na redução do peso bem como na sua manutenção, além de promover a longevidade e o equilíbrio nutricional.

Para melhor eficácia, a dieta deve ser personalizada para cada pessoa dependendo das necessidades pessoais, dos hábitos e do estilo de vida de cada um, além da idade e sexo que também são fatores a se considerar. Recomenda-se a orientação de um profissional habilitado e experiente. Vai receber dicas de reeducação alimentar que farão grande diferença no dia-a-dia ao longo dos anos e facilitará a manutenção do peso sem muito esforço.  Uma dica é a Dieta dos Pontos, onde cada alimento é traduzido por pontos que são somados durante o dia até atingir a necessidade diária de cada um, o que pode variar.  

 

Conceito de Regime

Já o regime se baseia em uma restrição alimentar na qual o resultado é em curto prazo e com o objetivo apenas para perder peso. Normalmente restringe a ingestão de alguns alimentos e depois de certo tempo, deixando o regime de lado, pode acontecer o famoso efeito sanfona, pois a pessoa volta a comer normalmente, aumentando ainda mais o risco de ganhar peso com mais facilidade.

Se optar pelo regime, com orientação nutricional e inúmeras restrições, você terá dia e hora para começar e terminar. O sacrifício é grande e ao final, mesmo perdendo peso, necessariamente seu corpo não perderá gordura e sim água. Além de não conscientizar o organismo do que ele precisa consumir.

Tome cuidado com os títulos: Dietas Milagrosas, Dieta da Princesa, Dieta Dukan, Dieta Detox e etc. Nada mais são que regimes rígidos em que você emagrece, mas, depois, o peso antigo volta rapidinho se não houver um cuidado com a alimentação, que deve ser equilibrada e saudável. Tente sempre saber diferenciar entre dieta e regime para não cometer alguns dos erros mais comuns quando o objetivo é perder alguns quilinhos.

Portanto, agora você já sabe a diferença entre dieta e regime e pode optar por um ou pelo outro, não esquecendo que o organismo tem seu limite e precisa de certos nutrientes para se manter saudável mesmo perdendo gordura. Fique atento e procure um médico ou nutricionista para melhor orientação do seu processo de emagrecimento.

Leia também: Dieta Mediterrânea para Emagrecer com saúde

Compartilhe >>>

Google+

Peso ideal – Como descobrir o seu?

Peso ideal específico

 

Muitas mulheres invejam o padrão de beleza mundial e gostariam de segui-lo. Há uma grande diferença entre mulheres com peso padrão para passarela e mulheres magras e saudáveis. Quando se pensa em peso ideal devemos analisar em um modo geral que cada um tem um peso ideal específico.  Isso varia de acordo com a altura e a estrutura corporal de cada pessoa. A dançarina Scheila Carvalho tem 1,60 de altura e pesa 55 quilos, muito bem distribuídos em um corpo perfeito e super saudável. Já a modelo Gisele Bündchen tem 1,79 de altura e 52 quilos e é referência mundial em padrão de beleza e estampa capas como Vogue e Marie Claire constantemente.

Imagem freegreatpictures

 

Vamos analisar mais de perto!

Para saber o peso ideal temos a fórmula IMC, que significa Índice de Massa Corporal. Para calcular o peso ideal de uma pessoa devemos usar um cálculo simples:

IMC = Peso (kg) / Altura² (metros)*

* altura2= altura x altura

 Ps: para facilitar o cálculo do seu IMC disponibilizamos uma calculadora do lado direito nesta tela.

 

Analisando o peso da Scheila Carvalho

IMC= 55 kg / 2,56 = 21,5 >>> Peso Ideal.

Analisando o peso da Gisele Bündchen

IMC= 52 / 3,20 = 16,2 >>> Peso Baixo. Cuidado!

Analisando o meu peso (60kg e 1,61m)

IMC = 60 / 3,22 = 23,1 >>> Peso Ideal.  😀

Agora vamos analisar pela tabela do IMC os resultados das comparações:

  • Até 18,5: Você está abaixo do peso
  • De 18,5 até 24,5: Seu peso é ideal
  • De 25 até 29,5: Você está acima do peso
  • De 30 até 34,5: Você está obeso (a) grau I
  • De 35 até 39,5: Você está obeso (a) grau II
  • Acima de 40: Cuidado! Você está obeso (a) grau III

 

Levando em consideração os resultados:

Se compararmos os resultados a Scheila Carvalho teve índice de IMC=21,5 está com peso ideal e a Gisele Bündchen teve índice de IMC=16,2 está abaixo do peso ideal. Já eu, uma mulher comum e de padrões normais, atingi o peso ideal, mesmo achando que devo emagrecer mais um pouco. Complicado! Modelos de passarela normalmente estão abaixo do peso e isso não é saudável, elas sofrem com as restrições alimentares e ficam com a resistência fraca, tudo pela moda!

 

Acima do Peso

Se você está acima do peso ideal, leia “Quais dietas devo escolher?” e descubra qual a dieta que melhor irá se adaptar. O fato de estar acima do peso não é só uma questão de estética, mas também de saúde e de sentir bem consigo mesmo (a). Mas ressalto, não tem dieta melhor que a Reeducação Alimentar (leia também neste blog). Você irá perceber com o tempo que aprendendo a comer, você pode manter o peso por muito mais tempo!

 

Você é o que você come!

O ideal é comer de tudo um pouco, mas alimentos com qualidade nutritiva e baixo teor de gordura, sal e açúcares. Verduras, legumes, frutas, grãos e muita água ajudam o organismo a controlar os índices de açúcar, triglicéricos, colesterol e a pressão.

Coma em pequenas quantidades, mais vezes ao dia, pelo menos 5 refeições por dia com intervalo de 3 em 3 horas, além de aumentar o metabolismo para melhorar a absorção dos alimentos, evita o acúmulo de gorduras. Exercícios devem ser frequentes e diários, pelo menos 30 minutos. Pode ser uma caminhada leve, já estimula o organismo, aumenta à resistência física, respiratória e cardiovascular, ajuda na queima de calorias, reduz o estresse e ainda aumenta a autoestima.

É o primeiro passo para estar de bem com o corpo e ficar em forma de maneira saudável e sem sacrifícios para chegar ao seu peso ideal.

 

Leia também: Dietas – quais escolher?

Google+